Estilo Lima

Praças de Aracati: Jardim Dr. Leite

Escrito por Domingo, 07 Agosto 2016 09:57
Publicado em Memória

A Praça Dr. Leite, primeira de Aracati, foi inaugurada no dia 24 de dezembro de 1911. A iluminação, a gás acetileno, e as duas bandas de música que comporam a programação cultural, provocaram grande êxtase e deleite nos munícipes.

O Porto dos Barcos e sua dinâmica econômica[1]

 

A localização da vila de Aracati próxima ao litoral e a poucos quilômetros da foz do rio Jaguaribe, favoreceu a instalação de um porto natural, considerado o mais movimentado do Ceará até metade do século XIX (Mapa 4). “Aracati, como porto de mar acessível, relativamente próximo do Recife e de Salvador, tornou-se, mesmo antes de ser elevado a vila, o pulmão da economia colonial da Capitania, cuja riqueza era, em maior parte, por ela transitada” (GIRÃO, 1995, p.104).

A História do Dique de Aracati

Escrito por Domingo, 10 Julho 2016 08:55

Aracati padeceu desde as mais remotas eras com as enchentes do rio Jaguaribe. Para não recuarmos muito no tempo basta lembrar as últimas grandes enchentes que foram marcantes e afetaram profundamente a vida econômica e social do município particularmente à cidade, que ocorreram nos anos de 1917, 1922, 1924, 1974 e finalmente a maior de todas no ano de 1985.

Cólera-morbo: A Epidemia em Aracati

Escrito por Segunda, 13 Junho 2016 23:01

 

[...] “Chegou de Pernambuco no dia 24 de Fevereiro próximo passado o iate Invencível, até o presente não tem descarregado; e nem mandado a correspondência para terra por lhe ter sido determinado pela polícia quarentena, visto achar-se aquela praça abraços com o cólera. Anteontem o Senhor Juiz Municipal e Delegado Dr. Miguel Joaquim de Almeida Castro, segui para a barra em companhia dos médicos, para determinar o melhor ancoradouro e os barcos que tiverem de fazer quarentena; e dizem que foram dados ao mestre do Invencível alguns desinfetantes para usar deles e seguir hoje para o porto de descarga. Confiamos no senhor Dr. Castro que não poupará meios a seu alcance para que não seja importado o cólera de Pernambuco para aqui”.

Quando a notícia de que a Vila do Aracati tinha passado às mãos dos Imperialistas chegou ao Palácio do Governo, o Presidente da então República do Equador no Ceará, Tristão Gonçalves de Alencar Araripe, passou o comando do governo ao seu substituto, José Felix de Azevedo e Sá. Este reuniu seu exército, composto de 2.000 soldados, duas peças de artilharia e vasta munição, e rumou para Aracati para tentar reverter a situação e defenestrar do poder o grupo dos Imperialistas que estava na Vila, sob o comando militar do tenente Luis Rodrigues Chaves, seu antigo companheiro e ex-aliado.

1840- Ataque dos Caminhas ao Aracati

Escrito por Sexta, 20 Maio 2016 07:35

Na noite em que chegou a notícia dando conta da subida ao poder da Província do Ceará, do Senador José Martiniano de Alencar[1] e do Major João Facundo de Castro Menezes[2] do partido Liberal, os seus correligionários do Aracati foram às ruas comemorar a vitória do seu partido.

 

A concentração dos populares começou na Gamboa[3], no início da Rua Santo Antônio [4], indo à manifestação até em frente à Casa da Câmara, onde vários oradores discursaram em homenagem aos lideres liberais especialmente ao conterrâneo Major João Facundo de Castro Menezes, que ascendia ao cargo de vice-presidente da Província.

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

iCagenda - Event List

Nenhum evento hoje!