Banca O Carlos

Propositadamente o Cel. Manuel José Pereira Pacheco, Comandante Superior da Guarda Nacional e presidente da Câmara Municipal de Aracati, não fora repousar em seu sítio Glória, no Cumbe, como fazia todos os domingos quando seus múltiplos afazeres e suas viagens a Natal e a Fortaleza para cuidar dos seus negócios permitiam.

O FIM DE UMA VOCAÇÃO

Escrito por Sábado, 09 Abril 2016 19:51

Quase duas horas da tarde. Numa casa modesta da Rua Visconde de Itaúna, no Rio de Janeiro, um homem começava a agonizar. O dia era 1º de janeiro. O ano, 1897. Esse homem, que não tinha ainda trinta anos de idade, pois nascera em Aracati, no seu Ceará distante, no dia 29 de maio de 1867, chamava-se Adolfo. Adolfo Caminha.

Sabemos que, em Aracati, a Igreja Nossa Senhora do Rosário é a Matriz da cidade e que sua primeira edificação, em taipa e telha, foi erigida no local onde faziam charqueadas e que, para que o terreno permitisse tal construção, em 1714, foram derrubadas muitas carnaubeiras e algumas umarizeiras.

ARACATI ERA ASSIM | 1933

Escrito por Sexta, 01 Abril 2016 08:50

Após transpor o grande rio em cuja margem estavam a nos esperar alguns amigos. Visitamos o monumento erigido à memória dos aviadores alemães do Junkers mortos nesta cidade. (Desastre aéreo ocorrido em Aracati no dia 25 de junho de 1923, onde faleceram dois pilotos alemães: Herman Muller e Werner Junkers. O monumento foi destruído no dia 14 de agosto de 1942, por um grupo de reservistas do Aracati, revoltados com os afundamentos dos navios Brasileiros pelos submarinos Alemães). Dirigimo-nos ao Hotel Avenida, (Sobrado da Cel Alexanzito onde funcionou a Marinha Mercante, vizinho ao sobrado onde nasceu Adolfo Caminha) o melhor da cidade.[...]

ARACATI ERA ASSIM | 1839

Escrito por Domingo, 27 Março 2016 22:33

Setembro de 1839, o veleiro Caiçara colhido pelo temporal baixa os panos e procura refúgio em Aracati, à foz do rio Jaguaribe. E, à noite os tripulantes vão visitar o vigário que residia num solar antigo que serviu de palácio - sede de governo - da malograda Confederação do Equador, (atualmente onde funciona o Externato Kennedy) sonho de um pugilo de bravos que terminou no combate de Santa Rosa, onde morreu, a 31 de outubro de 1824, de espada em punho, o seu bravo presidente, Tristão Gonçalves de Alencar Araripe, legenda de amor e patriotismo por um Brasil independente.

ARACATI ERA ASSIM | A Morte pelo Dever

Escrito por Sábado, 26 Março 2016 20:26

Quando alguém caía doente de cólera-morbo, a primeira providência era chamar o padre para dar a extrema unção, pois sendo uma doença mortal naquele tempo, meados do século XIX, os conhecimentos médicos eram quase inúteis ante a ferocidade do mal. Restava então somente apelar para Deus, dando um encaminhamento à sua presença, através dos santos sacramentos, àquele indivíduo que por ventura viesse a ser acometido de cólera-morbo.

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
3
31