ADOLFO CAMINHA | O escritor e o homem

Publicado em Biografia
Terça, 01 Agosto 2017 21:06

Filho de Raimundo Ferreira dos Santos Caminha e de Maria Firmina Caminha, nasceu Adolfo Caminha em Aracati, Estado do Ceará, no dia 29 de maio de 1867.

 

Aos dez anos de idade, perdeu sua mãe, vítima da grande seca de 1877. Transferido então para Fortaleza, estudou as primeiras letras em casa de parentes. Mais tarde,

Adolfo Caminha: um autor tenso e intencionado

Publicado em Memória
Terça, 18 Julho 2017 20:22

As histórias da literatura brasileira categorizaram Adolfo Caminha como um autor contraditório, frágil e menor, talvez marginal se pensado em relação aos grandes nomes do período. Preferimos chamá-lo de um autor tenso. Tenso em relação às transformações que marcaram aquele “início” do século XIX, pois, ao mesmo tempo em que ele as louvava e pedia por elas, ele também as via com desconfiança, destacadamente no caso da entrada do Brasil no mercado consumidor de bens importados, que a seu ver ameaçava a cultura e os costumes locais, como é possível apreender da leitura de sua coluna intitulada de “Sabbatina”, no jornal O Pão, da Padaria Espiritual.

ADOLFO CAMINHA | Primeiro pacote

Publicado em Biografia
Domingo, 09 Julho 2017 19:11

Este primeiro pacote traz em sua etiqueta o título do primeiro livro de Adolfo Caminha, Voos incertos (Primeiras páginas), de 1887. Portanto, seu livro de estreia e seu único livro de poesias, dedicado à memória de sua mãe, Dona Maria Firmina Caminha, falecida em 27 de novembro de 1878, quando ele tinha apenas onze anos de idade. Da morte de sua mãe à publicação do livro já houvera passado nove anos. Esse livro é, pois, depositário de uma memória: a memória dos anos vividos em companhia da família, dos anos de infância na sua Aracati natal[...]. Na fachada, lemos em placa hoje bastante gasta: “Nesta casa nasceu Adolfo Caminha em 29 de maio de 1867”. A casa hoje está em ruínas.

O FIM DE UMA VOCAÇÃO

Publicado em História
Sábado, 09 Abril 2016 19:51

Quase duas horas da tarde. Numa casa modesta da Rua Visconde de Itaúna, no Rio de Janeiro, um homem começava a agonizar. O dia era 1º de janeiro. O ano, 1897. Esse homem, que não tinha ainda trinta anos de idade, pois nascera em Aracati, no seu Ceará distante, no dia 29 de maio de 1867, chamava-se Adolfo. Adolfo Caminha.

Poetas são mais que filhos ilustres

Publicado em Memória
Sexta, 30 Outubro 2015 15:07

Saber sobre quantos escritores e/ou poetas nasceram na cidade de Aracati seria mais importante do que as poéticas por eles produzidas? Autor e obra se separam após a criação, todavia a obra segue denunciando seu criador como uma prova inconteste nas letras que o imortalizam. Saber sobre a vida de poetas e escritores torna-se tarefa completa quando conhecemos o fruto de seu labor: poema, conto, romance, peça etc. A obra dialoga conosco, um diálogo vivo com o autor que nos fala simbolicamente seja nas linhas da prosa, seja nos versos de um poema.

O pão de volta ao forno

Publicado em Arte
Sábado, 11 Fevereiro 2006 10:32

O professor Felipe Barroso lançou, no dia 02 de dezembro, no Ideal Clube, o documentário A Padaria Espiritual, um relato do movimento literário cearense do final do século XIX.

Grupo Lua Cheia encena Adolfo Caminha

Publicado em Arte
Domingo, 25 Maio 2008 17:07

Aos 29 dias do mês de maio de 1867, às 20h:15min, nascia Adolfo Ferreira Caminha, ou simplesmente Adolfo Caminha, como ficou conhecido. Nesta data, desde 2005, o Grupo Lua Cheia realiza a encenação da peça "Por que Adolfo Caminha?" ação que integra o projeto Poesia na Sacada desenvolvido pela Associação Artístico Cultural Lua Cheia.

Please add banners under category :EV

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
3
4
10
11
17
18
20
24
25
27
29
31