ASSIM ME CONTARAM | QUEM FEZ O MUNDO

Publicado em Memória
Segunda, 11 Janeiro 2016 11:52

As famílias Costa Lima e Felismino foram adversárias ferrenhas na política do Aracati. O chefe político dos Costa Lima era o Cel. Pompeu. O chefe da família Felismino era Antonio Felismino Filho - o velho Felismino.

Poderes políticos

Publicado em História
Segunda, 11 Janeiro 2016 09:55

A partir de 1748, Aracati passou a possuir uma Câmara Municipal. Só poderiam ter Câmaras Municipais as localidades elevadas à condição de vila.

 

Compunham a Câmara Municipal os chamados "homens bons"; ou seja, pessoas do sexo masculino, portugueses ou filhos de portugueses e que tivessem propriedade e influência política.

A INCANSÁVEL MONOCÓRDICA ARACATIENSE

Publicado em História
Sábado, 09 Maio 2015 09:06

    Um passado glorioso que jaz nos registros históricos de inúmeros documentos evidenciava uma vila próspera. Aquele pedaço de chão parecia predestinado à riqueza, o progresso cortejava-lhe na cadência de um atlântico lindo e calmo. De uma hora para outra, tudo se desmoronou feito um castelo de areia margeando a praia, uma maré tenebrosa veio e tragou-lhe a prosperidade.

Abelardo Gurgel Costa Lima-Perfil Político

Publicado em Biografia
Quarta, 15 Janeiro 2014 19:24

Pés rapados e cafuzos como eu...

Assim começava seu discurso através da amplificadora a Voz do Aracati, durante a campanha política do ano de 1950, o então candidato a Deputado Estadual pela UDN – União Democrática Nacional – Abelardo Gurgel Costa Lima. A partir daquela campanha eleitoral, Abelardo receberia do povo que o adorava o epíteto de "Bonitão". Esta denominação o acompanhou por quase toda a vida, sendo substituída com o passar do tempo, por "Abelardo Velho," como carinhosamente o povo lhe tratava.

(25/nov)- Diversos seguimentos da sociedade aracatiense estiveram presentes ao encontro promovido pelo Comitê de Combate a Corrupção Eleitoral. O comitê é formado por diversas intituições a exemplo da Paróquia Nossa Senhora do Rosário, Ordem dos Advogados do Brasil, Ministério Público, Cáritas dentre outras instituições.

A Maçonaria em Aracati (1920-1949)

Publicado em Outras publicações
Domingo, 15 Dezembro 2013 09:57

 

"[...] relato historiográfico acerca da primeira loja maçônica do estado do Ceará e perfil sócio-político-cultural da cidade de Aracati em meados do século XX[...]"

Posse do Prefeito(1993)

Publicado em Memória
Terça, 01 Janeiro 2013 13:34

Há 20 anos no dia 1º de Janeiro de 1993, tomava posse pela 3ª vez como Prefeito de Aracati, Abelardo Gurgel Costa Lima Filho – Abelardo Filho – vitorioso que fora nas eleições realizadas em 3 de outubro de 1992, quando disputou o pleito pelo PSDB tendo como seus adversários José Hamilton (PTB), Evaldo Silva (PDT) e Crisanto Damasceno (PMDB).

BOÉ E O CORRUPIÃO... CORRUPIÃO E O BOÉ

Publicado em História
Quarta, 30 Julho 2008 10:04

 

“Vocês conhecem a história do corrupião e do boé? O boé constrói o ninho e o corrupião tanto faz, que o toma, a bicadas.

Mas acontece que não sou boé  e o meu ninho está sendo construído nas altaneiras frondes das grandes árvores, onde corrupião não vai” – Ernesto Valente.

“Corrupião Valente digno e perfeito êmulo do seu xará Corrupião pássaro. Lembremos de passagem, que o fofo “ninho” que o deputado Corrupião Valente ocupa na Assembléia Estadual  foi construído pelo Dr. Abelardo Costa Lima, seus amigos e correligionários da UDN aracatiense.”

No período colonial, a Câmara Municipal, representava o poder local das vilas. Os vereadores eram escolhidos por período trienal. Depois de eleitos, os "homens bons", nomeavam os juizes que auxiliavam na administração da vila. Das várias atribuições, estava aquela relacionada à legislação do meio ambiente.

Na Vila de Santa Cruz do Aracati (atual cidade de Aracati), a Câmara Municipal sempre esteve atenta aos problemas locais. Documentos históricos dão conta da atuação desses "homens bons" que procuravam regulamentar o uso e ocupação do solo urbano no referido período. Assim, procuravam inibir as práticas econômicas que colocavam em risco a natureza e a própria saúde da população.

Pode um slogan ganhar uma eleição?

Publicado em História
Quinta, 19 Julho 2012 08:40

A propaganda mais prática usada numa campanha política é o tradicional e popular “santinho”- impresso em que os candidatos expõem suas fotos e imprimem seus slogans com o objetivo de ganhar o eleitorado.Tomando como base as duas últimas eleições municipais (2004 e 2008), veremos como o slogan utilizado por candidatos a vereador, repercutiu ou obteve relevância junto ao eleitorado que justificasse seu voto ou não ao postulante.

Please add banners under category :EV

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
3
4
10
11
17
18
20
24
25
27
29
31