Banda Barra de Aço Banda Barra de Aço

Banda Barra de Aço: nos braços da memória, no embalo da folia

Escrito por  Domingo, 15 Janeiro 2017 16:06

O surgimento da banda de frevo Barra de Aço, consolida o carnaval como uma expressão musical na cidade dos Bons Ventos.


Há mais de duas décadas os foliões de Aracati convivem com a fervura da Banda Chico de Janes, banda formada por músicos cearenses sobre a batuta de Marcos Bernardes. Herdeira dos carnavais de clubes, onde o frevo e as marchinhas imperavam, a banda celebra não somente a musicalidade do carnaval brasileiro como também traz a lembrança viva do brincante e folião Chico de Janes.


É possível afirmar que a folia aracatiense dialoga com o passado reinventando o carnaval do presente. Tanto é que o músico Anderson Nascimento criou a Banda Barra de Aço mais um coletivo musical para alegrar os dias de folia em nosso carnaval. A banda é uma homenagem ao músico, passista e um dos fundadores do Bloco Caveira, José Gurgel Graça, popularmente conhecido como Barra de Aço.


O grupo conta com músicos de primeiro time: Beto Ponciano (trompete), Ávila (sax-alto), Célio (sax-tenor) Roberto (Trombone), Anderson Nascimento (contrabaixo), Marcelo Randemarck (violão), Fábio (bateria), Aureliano Silva (vocal).


No CD de divulgação constam as seguintes músicas: Aracati (Anderson Nascimento), Balancê (Braguinha-Alberto Ribeiro), Bicho maluco beleza (Alceu Valença), Um Certo Alguém (Lulu Santos- Ronaldo Bastos), Sonífera Ilha (Branco Mello- Marcelo Fromer- Tony Bellotto- Ciro Pessoa- Carlos Barmack) e Não quero dinheiro (Tim Maia). Os arranjos são do músico Anderson Nascimento, idealizador do grupo.

 

OUÇA A BANDA BARRA DE AÇO:

 

 

 


Tanto a banda Chico de Janes quanto a caçula Barra de Aço representam a forte expressão musical do carnaval de Aracati. Elas são a tradução fiel de que o carnaval da Terra dos Bons Ventos pode ser traduzido em tradição, memória e reinvenção de costumes.

 

Para saber mais:

Barra de Aço. acesse o artigo: Barra de Aço: um folião inesquecível

Chico de Jane. Acesse o artigo: Chico de Janes: o hoteleiro.

Avalie este item
(2 votos)
Lido 282 vezes Última modificação em Domingo, 15 Janeiro 2017 16:34
Marciano Ponciano Virginio

Sou natural de Aracati-Ce, terra onde os bons ventos sopram. Na academia da vida constitui-me poeta, realizador de sonhos, encenador de máscaras. Na academia dos saberes acumulados titulei-me professor de Língua Portuguesa e especializei-me em Arte-Educação. O projeto de vida é semear a arte por onde passe: teatro, poesia, artes plásticas- frutos da experiência acumulada em anos dedicados a ser feliz. Quando me perguntam quem sou - ator, poeta, encenador, artista plástico, educador? Afirmo: - Sou poeta!

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
17
24
25
27
28
29