1923 — AVIÃO CAI NO ARACATI
Apesar de haver perdido a Primeira Guerra Mundial há pouco mais de quatro anos, a Alemanha despontava como uma das... Leia mais
ARACATI | HERMA A PE. SÁ LEITÃO
Antônio Saboia de Sá Leitão nasceu em Aracati a 21 de setembro de 1842. Foi padre e bacharel. Foi fundador, no... Leia mais
ARACATI | HERMA DO MONSENHOR BRUNO RODRIGUES DA...
A cidade do Aracati numa homenagem sincera a seu ilustre filho, ergueu-lhe na antiga Praça dos Prazeres, que recebeu... Leia mais
ARACATI | Monumento da Praça da Independência
Comemorativo do transcurso do 1º Centenário da Independência do Brasil, se ergue ao lado do Paço Municipal1, quase no... Leia mais
ARACATI | Monumento a Dom Luiz Antônio dos Santos
Em comemoração à primeira visita deste antístite – “primeiro bispo do Ceará, foi construído, à entrada norte da Rua... Leia mais
LABIRINTO | Criatividade, habilidade e matemática
Estes são os valores que a rendeira trabalha na "grade" feito um tabuleiro de xadrez. Com maestria, e por bravura, ela... Leia mais
prev
next
Antero Pereira Filho

Antero Pereira Filho

ANTERO PEREIRA FILHO, nascido no Aracati em 30 de novembro de 1946, foi o terceiro filho do casal Antero Pereira da Silva e Maria Bezerra da Silva. Viveu sua infância em Icapui onde foi alfabetizado pela professora Dona Preta. Em 1957, ingressou no Grupo Escolar Barão de Aracati. Em 1974, casou-se com Maria do Carmo Praça Pereira e deste matrimônio nasceram os filhos Janaina Praça Pereira, Armando Pinto Praça Neto e Juliana Praça Pereira.

 

Em 1976 graduou-se em Ciências Econômicas pela URRN-RN. Atuou à frente do Instituto do Museu Jaguaribano como presidente, função que exerceu em duas diretorias (1976 1979/1982-1985). Foi secretário na gestão do prefeito Abelardo Gurgel Costa Lima Filho (1992-1996) período em que assumiu a pasta da Secretaria de Indústria, Comércio, Turismo e Cultura.

 

A história e a memória da cidade e do povo aracatiense constituem objetos de seus estudos amplamente divulgados em crônicas e artigos publicados na imprensa local em que colabora desde 1975. Em 2005 a crônica "O Amor do Palhaço", de sua autoria, foi adaptada para o cinema em um curta metragem (15") homônimo com direção de Armando Praça Neto,

 

Obra

Assim me Contaram. (1ª Edição 1996 e 2ª Edição 2015)

Histórias de Assombração do Aracati. Publicação do autor. (1ª Edição 2006 e 2ª Edição 2016)

Ponte Presidente Juscelino Kubitschek. (2009) 

A Maçonaria em Aracati (1920-1949). (2010)

Fatos e Acontecimentos Marcantes da História do Aracati. (Inédito)

Aracati era assim (Inédito)

Notícias do Povo Aracatiense (Inédito)

 

Recordando o poeta

Sexta, 01 Junho 2007 14:33

...Parei de emoção e gritei de dentro daquele minúsculo apartamento de estudante para toda Campina Grande que aquela poesia era de um poeta da minha terra, meu querido Aracati...

Museu Jaguaribano

Quinta, 22 Outubro 2009 14:20

Por longos cincos anos em que se arrastou a restauração do prédio do Museu Jaguaribano, ficou nosso museu fechado para o público o que agora chega ao seu final nesse Outubro de 2009.

Antero Pereira Filho, em seu artigo "Sobrado do Barão: Desfazendo um equívoco" vem nos apresentar fontes historiográficas sobre o sobrado sito à rua Cel. Alexanzito, 743, em Aracati, hoje sede do Instituto do Museu Jaguaribano, comumente mencionado como antiga residência do Barão de Aracati. É sobre esta referência que Antero Pereira Filho busca questionar a veracidade da alegativa. A sua pesquisa visa tão somente esclarecer o que considera um "equívoco histórico", tendo em vista que o Barão de Aracati não nascera no citado prédio, nem tampouco ali residira. Ao longo do artigo busca esclarecer o assunto, em sua tese, embasado em pesquisa realizada nos cartórios de Aracati e em diversos documentos e jornais antigos que registram a história do sobrado e sua utilização ao longo da história. Para realizar este trabalho Antero Pereira Filho contou com as participações dos senhores Raimundo Cassemiro e Raimundo Ferreira de Lima.

O teatro no Aracati Antigo

Domingo, 01 Julho 2012 14:13

No dia 25 de agosto de 2004, o pesquisador Antero Pereira apresentava no Teatro Francisca Clotilde importantes evidências e documentos da pujante atividade teatral em Aracati. Na semana em que se comemora o dia mundial do teatro (27), vimos trazer à luz de nossos dias este importante arquivo para a memória da cultura aracatiense.

Aracati há 100 anos

Sexta, 29 Junho 2012 14:10

“Cremos que não mais voltarão os bons tempos idos tempos de muito adiantamento intelectual. Com a pavorosa crise que nos avassala, tudo caminha para o aniquilamento, e dia virá em que o Aracati, não será mais do que uma cidade em ruínas” (1). Esse era o pensamento predominante que havia entre os mais pessimistas que habitavam o nosso Aracati em 1909.

No entanto, mesmo declinante economicamente, a cidade de Aracati mantinha uma movimentada vida cultural e artística.

O Cão Zé Batata

Segunda, 30 Julho 2007 14:03

Zé Batata foi o maior, o melhor e mais representativo Cão de pastoril que já houve no Aracati. O artista Zé Batata interpretava, no pastoril, que se apresentava todo final de ano na Praça dos Prazeres; o Cão, personagem dos mais queridos por todos quantos se exibiam naquele auto pastoril, por causa do seu jocoso desempenho. A grande luta travada no palco do pastoril era a batalha entre o Cão Zé Batata, de aspecto horroroso, mostrando um só dente na sua imensa bocarra e o anjo Gabriel, representado, geralmente, pela moça mais bonita e cheia de candura entre todas as que compunham a trupe do pastoril.

Sufraia

Sábado, 01 Março 2008 14:02

Sufraia fazia mais medo às pessoas com sua aparência de humano do que quando virava Lobisomem.

Na verdade, Sufraia era um Lobisomem na aparência: barbudo, nariz de focinho, orelhas cabeludas com tufos de cabelos saindo de dentro do ouvido, corcundo e torto em riba de umas pernas zambetas, longilíneo e desengonçado. Era mesmo muito feio o Sufraia.

O Carnaval do Povão

Quarta, 23 Janeiro 2008 13:57

Quando o Aracati-Club era um reduto fechado, freqüentado exclusivamente pela elite aracatiense, a eleição para sua diretoria era uma verdadeira disputa política. Ser presidente do Aracati-Club significava prestígio e liderança na sociedade e na política.

Posse do Prefeito(1993)

Terça, 01 Janeiro 2013 13:34

Há 20 anos no dia 1º de Janeiro de 1993, tomava posse pela 3ª vez como Prefeito de Aracati, Abelardo Gurgel Costa Lima Filho – Abelardo Filho – vitorioso que fora nas eleições realizadas em 3 de outubro de 1992, quando disputou o pleito pelo PSDB tendo como seus adversários José Hamilton (PTB), Evaldo Silva (PDT) e Crisanto Damasceno (PMDB).

O Bispado que não veio

Quinta, 19 Janeiro 2012 10:25

A cidade de Limoeiro do Norte foi palco de uma solene cerimônia religiosa que movimentou todo o Vale do Jaguaribe. A sagração de D. Aureliano Matos, Bispo da 1ª Diocese da região Jaguaribana.

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
6
7
13
14
20
21
27
28
30
31