Coletânea Poetossíntese

Escrito por  Domingo, 15 Dezembro 2013 09:58

1996- Impressão: Miolo em papel sulfite (jato de tinta), capa em papel pergaminho (serigrafia). 40 páginas. Formato: 14,8 cm x 21 cm. Tiragem: 500 exemplares. Poetas:Marciano Ponciano, Erivando Braga e Manuel Lima. Capa: Marciano Ponciano. Ilustrações : Ricardo Freitas, Edson Virginio e Hélio Santos. Organização: Associação Artístico Cultural Lua Cheia.

Para ter acesso a versão digital da obra clique aqui.


Três Faces de Uma Poética em Movimento*

A poesia como manifestação de um árduo e conscientizador trabalho artístico e cultural - uma festa do corpo e da mente, representações de um estado da alma. Um olhar para as realizações do presente e as projeções do futuro, constante reavaliação do passado - marcas de um tempo de eternas missões.
A poesia passa em revista o caminho do humano, com as suas ágeis promessas e as suas ausências (sempre em grande número). Toda poesia é consagração da queda... sombras presas na retina das viagens, olhos em comunhão... brevíssimo começo dos silêncios reveladores.

POETOSSÍNTESE habita as ruas da amada cidade - Aracati, plantando versos, re-visitando os antigos casarões (restos movediços de uma era mal sonhada); seus poetas seguem trilhas ao alcance dos olhos, próximos das mãos, com passos sinuosos e um esforço que é exílio e nome- ofício e perdição; cada um deles, guarda o mistério e a sabedoria das coisas. Poetossíntese é o verbo encarnado.

Erivando acena para o "cotidiano" vislumbrando a "solidão" de um tempo "sem sentido", sua preocupação é eminentemente social, sem ser panfletário, o poeta convida o seu leitor a decifrar as injustiças, procurando amenizar as dores de sua gente, através de versos. Alguns dirão, pura ingenuidade, eu direi, necessidade e adiante!

Marciano mergulha na linguagem e re-descobre as sutilezas do homem, contempla "gaivotas" na "vaga lembrança" de um sofrimento perene. Aracati é o seu chão sagrado, por muitos massacrado... "Pingos" de uma dor que o poeta tenta a todo custo, banir.

Manuel volta-se para o entrelaçamento erótico, a poesia é expressão sensual e ardente do encontro de corpos sedentos e iluminados... "Miragem" de verdes mares singrados pela "Nau" dos sonhos.

A poesia do Poetossíntese, aqui, representada por Erivando, Marciano e Manuel, é o coração habitado no fundo espaço das muitas ruínas- memórias esfaceladas pela busca frenéticas das paixões. Alguns dirão, o vôo do coração é cego, eu digo, felizmente, por isso mesmo a poesia mistura tristezas, angústias com alegrias e esperanças (misto de ingenuidade e sabedoria), a poesia é o único caminho que espanta- para sempre- os segredos que vão da vida à morte, única maneira de suportar a solidão.

Neste pequenino trabalho, os autores cantam a miséria prenhe de revelações e suportam os insultos contra a pessoa - delírios de um povo oprimido em seu exuberante passado-, existirá consolo para o sono perpétuo da alma? Poetossíntese aponta roteiros, trilhas, veredas... círculos entranhados em cada ser, síntese das vontades recôndidas.

Aracati, magicamente, produz seus artistas- farejadores de mínimas coisas- abrindo vôos de puro encantamento. Lendo- saboreando os versos de Erivando, Marciano e Manuel, lembro-me de César Vellejo e a audaciosa genial criação poética:

"Como me doem os cabelos ao divisar os séculos semanais!/e como doe, por tabela, meu ciclo microbiano,/quero dizer meu trêmulo, patriótico penteado."

Vallejo amou e cantou a sua terra (Peru) através de versos condoídos/patéticos, plenos de invenção; os três aracatienses ensaiam cânticos de um tempo por vir. Sucesso para eles e para a poesia.


*R. Leontino Filho (Poeta e professor de Literatura Brasileira da URRN; Universidade Regional do Rio Grande do Norte)

Avalie este item
(0 votos)
Lido 1036 vezes Última modificação em Domingo, 15 Dezembro 2013 10:35
Editor Chefe

A Associação Artístico Cultural Lua Cheia é uma entidade sem fins lucrativos. Seus projetos têm por objetivo o desenvolvimento e a promoção da cultural em geral, particularmente o teatro , a literatura, as artes plásticas e a música. Nestes segmentos busca capacitar e divulgar bens e serviços de ordem artístico-cultural.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
17
24
25
27
28
29