Holdemar Menezes

Holdemar Menezes (1)

A COLEIRA DE PEGGY

Escrito por Sexta, 24 Janeiro 2014 21:26
Publicado em Holdemar Menezes

A COLEIRA DE PEGGY

 

Nessas noites, antes nessas manhãs, pois a queda produz-se ao romper da alva, eu saio e parto, numa marcha impetuosa, ao longo do cais.

Camus — A Queda.

 

É este o emprego, disse o Sr. Carlos.

O encontro foi no Náutico, no aperitivo do fim da tarde, as cadeiras espalhadas sobre o aterro gramado. Desviei o olhar das lentes circulares do Sr. Carlos, atrás das quais se notava um par de olhos miúdos, cor de aço polido. Não é uma tarefa tão difícil como o senhor pensa, voltou a falar. Espero uma resposta até amanhã, às oito horas, no escritório. Entende?

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
21
22
24
28
29
31