Holdemar Menezes

Holdemar Menezes (1)

A COLEIRA DE PEGGY

Escrito por Sexta, 24 Janeiro 2014 21:26
Publicado em Holdemar Menezes

A COLEIRA DE PEGGY

 

Nessas noites, antes nessas manhãs, pois a queda produz-se ao romper da alva, eu saio e parto, numa marcha impetuosa, ao longo do cais.

Camus — A Queda.

 

É este o emprego, disse o Sr. Carlos.

O encontro foi no Náutico, no aperitivo do fim da tarde, as cadeiras espalhadas sobre o aterro gramado. Desviei o olhar das lentes circulares do Sr. Carlos, atrás das quais se notava um par de olhos miúdos, cor de aço polido. Não é uma tarefa tão difícil como o senhor pensa, voltou a falar. Espero uma resposta até amanhã, às oito horas, no escritório. Entende?

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
11
12
18
19
20
21
22
26
27
28
29
30