Marly Correia

Marly Correia

Maria Marli Cláudio Correia (Marly Correia)- nasceu em Aracati aos vinte e nove dias de maio de 1982, filha de Sebastião Morais Correia e Maria das Graças Cláudio Correia. Sua primeira experiência escolar ocorreu no C.S.U. (Centro Social Urbano). Integram seu currículo colegial as escolas Barão de Aracati, Eduardo Dias e Beni Carvalho. No Colégio Eduardo Dias descobriu sua primeira paixão: a leitura. Foi naquela instituição, aos quatorze anos, que conheceu Cláudio Barros (1996) e teve sua primeira vivência teatral (sua segunda paixão), mas ela só subiu ao palco um ano depois (1997) quando Renildo Franco ficou a frente do grupo de teatro da citada escola.

Peças que atuou: 1997 “O Casamento Suspeitoso e Patiudas do Apocalipse” 1998 “ O Boi Bumba, Linha Vermelha Dorotéia e Qual o Propósito da Vida”. Também em 1998 Fundou o grupo Arte Mágica dirigindo a peça “Anjos Cálidos” texto de sua autoria. Com o termino do ensino Fundamental (1999) e com o fim do grupo Arte Mágica ela ingressa na E.E.M. Beni Carvalho. Naquela instituição participou das seguintes peças: (2000) Mateus e Seu Amado Boi, com direção de Felipho Rodrigo. Em 2001 assume a direção do grupo e dirige a peça “História de um Povo Feliz”. Como atriz participou das seguintes peças: “Artimanhas” (2003); “Esse Bode dá Bode” ambas dirigidas por Marciano Ponciano. De 1999 a 2001 participou no Grupo de Teatro Frente Jovem de teatro onde atuou na Paixão de Cristo, sob a direção de Valdecir Silva. Neste período encena os personagens Herodíades e Verônica. No ano 2000 assume por sete meses a direção do Grupo Frente Jovem e naquela oportunidade dirige e encena a peça “Água Pra Que Te Quero” de autoria de Tinoco Luna. Em 2004 participou do espetáculo "Memórias de Um Poeta Vivo” encenado pelo Grupo Lua Cheia de Teatro sob a direção de Marciano Ponciano. Em 2006 dirigiu a esquete "A Cadeira Vazia" para alunos da E.E.F.Profª Gercina Nepomuceno. O esquete foi apresentado na SEDRAIDA recebendo os prêmios de melhor maquiagem, melhor ator e atriz. Participou do II CANOARA realizado em 2006 com o Espetáculo "Memórias de Um Poeta Vivo" do Grupo Lua Cheia de Teatro. Em 2005 participou da montagem do espetáculo “Porque Adolfo Caminha?” encenado pelo Grupo Lua Cheia de Teatro, sob a direção de Marciano Ponciano. Em 2006 participou da publicação do Caderno de Literatura Poetossíntese. Naquele mesmo ano participa da montagem do espetáculo “O Conto dos Ventos” encenado pelo Grupo Lua Cheia de Teatro, sob a direção de Marciano Ponciano.

 

Amor é Perdão

Sexta, 15 Janeiro 2016 10:22
Amor é Perdão

 

Amor é colocar o bem do outroAcima do seu bemSimPerdoar incondicionalmenteAceitar o mal a si próprioDe bom gradoSempre pondo o próximo à sua frente.

 

Sua fome Pode esperar, a do outro não. Vulgarmente falando:“É se abaixar sem medo dos fundos mostrar.”Eis aí a complicação Não falo de oferecer O outro lado da faceFalo sinceramenteDe dar o corpo todo à tapa

 

Seu frio Deve ficar pra depoisPois você tem que agasalharO menos favorecido. Estamos dispostosA sentir esse amor avassalador?

 

Todo dia perdoar?A viver uma vida de renúncia?Viver sem julgar os outros ouSem fazer suposições maldosas?

 

Diariamente somos testadosPostos à provaE não podemos errar.De que lado você quer estar Na hora do fim?

 

(Marly Correia)

Nossa Poesia

Sexta, 15 Janeiro 2016 10:12
NOSSA POESIA

Fui despertada pra verdade E não quero fugir delaMeus olhos pecadores querem enxergarA verdadeira essência do viver Não aguento mais tanta raiva contidaTanto dissabor Tanta dor.

Então é um trabalho a se fazer diariamente Aprender a perdoarÉ pedir para DeusA força necessária poisSomente ele e capaz de nos transformar.

(Marly Correia)

SONDAR-TE

Sexta, 08 Janeiro 2016 10:13

SONDAR-TE

 

Ultrapasse as barreiras do face e do whatsapp

Ultrapasse todas as barreiras

Reconheça-me como sou.

Enxergue-me.

Sinta-me.

Não estou propenso

E dispenso piedade alheia

Escute-me

Tente me ouvir

Agora é a hora de não sorrir

Vou pesar-te,

Medir-te,

Sugar-te.

A investigação trai meu sonho

Sonho,

Com educação e saúde etc...

Então lhe digo

Enxergue-me

Ouça meu clamor

O povo oprimido tem direito

De saber por que

Qualé

Vou te sondar

E quem sabe não votar.

 

(Marly Correia)

 

MELANCOLIA NÃO

Sexta, 08 Janeiro 2016 10:10

MELANCOLIA NÃO

 

Deixo aqui exposto

Que ainda é cedo

Para desistir

Pois há

Tantos motivos

Pra Sorrir.

(Marly Correia)

Ouçam-me fofoqueiros

Terça, 29 Dezembro 2015 17:40

Ouçam-me fofoqueiros

 

Não vou fingir ser inocente.

Detesto as pessoas que têm dinheiro

E as que não têm.

Odeio os que têm o que comer,

Mas, principalmente, os que têm fome.

Obedeço as leis dos homens,

Não me importo com os que sofrem;

Se choram, e dai?

"cada macaco no seu galho".

Só a mim importa...

Não gosto dos encontros marcados,

Nem dos casuais.

Ignoro casamentos corretos

Ou imorais.

Sei que tenho pecados,

Os quais omito, ou finjo

Que só os outros têm.

Ignoro a Deus, aos homens e ao dinheiro

Para mim, tudo isso é carnificina.

Se sou babaca,

Mesquinha, antiquada,

Não quero seu sorriso, ou sua lágrima.

Só quero, simplesmente,

Que não olhem para mim!

Minha vidinha medíocre

Não é peça

Para os hipócritas assistirem.

 

(Marly Correia)

Ho...

Quinta, 24 Dezembro 2015 17:54

Ho...

 

A boca tua...

Te quero

Te desejo

E até exalto com furor

Beija-me

Beija-me.

RAINHA

Quinta, 24 Dezembro 2015 17:48

RAINHA

 

Linda morena

De olhos negros e gentis,

 

De mãos macias e

Pele perfumada.

 

Vem provar do meu

Abraço festivo em tua chegada.

AMIGO INZONEIRO

Terça, 22 Dezembro 2015 18:20

AMIGO INZONEIRO

 

Até parecemos filhos do mesmo seio

Com nossas cabeças de metal

Tentando quebrar

Acordes e sonatas.

Queria te fazer serenata

Ou pior

Mandar-te flores:

Dizendo que te Odeio

Mas não.

Farei o mais simples e sincero

Brindo-te com poesia

Para te dizer simplesmente

Você é quem faz meu dia ser bem mais colorido!

 

 

(Marly Correia)

POETAS- HOMENS E MULHERES

Sexta, 14 Dezembro 2012 19:30

POETAS- HOMENS E MULHERES

 

Este infatigável justiceiro

Que no seu labor Juvenil

Descreveu a mulher 

ou Homem Ideal.

VIGÍLIA

Sexta, 14 Dezembro 2012 19:29

VIGÍLIA

 

 

Parece que você

Adormeceu

E eu aqui velo

O sono seu.

Please add banners under category :EV

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
11
12
18
19
20
21
22
26
27
28
29
30