Exposição de Artes Visuais revela a produção...
Há mais de três décadas realiza-se em Aracati-CE o salão de artes visuais denominado “Exposição dos Artistas... Leia mais
O olhar em preto e branco de Abílio Bezerra...
Imagens em preto e branco, sobre a cidade de Aracati, deslocam a visualidade do povo aracatiense para um tempo em que... Leia mais
ARACATI| Nações indígenas
Dentre as nações indígenas que moraram por muito tempo no território chamado Aracati, estão os baiacus, potiguares,... Leia mais
ARACATI | A presença africana
Além dos indígenas, povos africanos foram utilizados como mão de obra na economia colonial. O tráfico de africanos era... Leia mais
1923 — AVIÃO CAI NO ARACATI
Apesar de haver perdido a Primeira Guerra Mundial há pouco mais de quatro anos, a Alemanha despontava como uma das... Leia mais
ARACATI | HERMA A PE. SÁ LEITÃO
Antônio Saboia de Sá Leitão nasceu em Aracati a 21 de setembro de 1842. Foi padre e bacharel. Foi fundador, no... Leia mais
prev
next

Salão dos Artistas Aracatienses chega a sua XXXIII edição

Publicado em Arte
Sábado, 19 Novembro 2016 09:51

O mais importante evento das artes visuais, em Aracati, chega à sua XXXIII edição, consolidando-se como importante projeto para o fomento e divulgação das artes. A Exposição dos Artistas Aracatienses foi idealizada pelo Instituto do Museu Jaguaribano. Há mais de três décadas o evento se configura como momento ímpar a fim de conhecer as artes visuais produzidas em Aracati.

Museu Jaguaribano: espaço de educação e cultura

Publicado em Arte
Terça, 08 Dezembro 2015 17:19

Exposição de artes visuais mais longeva da cidade de Aracati é realizada sem o conhecimento do grande público.


Exposição dos Artistas Aracatienses, assim é denominado o salão de artes visuais realizado anualmente pelo Instituto do Museu Jaguaribano-IMJ. O evento foi idealizado pelo instituto com a finalidade de dar visibilidade às artes visuais, em Aracati.

XXVI Exposição de Fotografias do Aracati Antigo

Publicado em Memória
Domingo, 27 Junho 2010 14:26

O Instituto do Museu Jaguaribano realizará sua tradicional exposição de fotografias e documentos raros. O evento terá início no dia 30 de junho e se extenderá por um mês. Trata-se de uma oportunidade ímpar para conhecer o Aracati do passado e o registro de sua atividade sócio-político-cultural através dos jornais livros e documentos raros que serão expostos.
O salão de eventos do Museu Jaguaribano abrigará três exposições distintas, a saber:
XXVI Exposição de Fotografias do Aracati Antigo - trará como destaque o patrimônio edificado.
XXV Exposição de Jornais Antigos de Aracati e outras regiões e XXII Exposição de Livros Raros, Papéis e Documentos Antigos.
A curadoria do salão é de José Correia, também diretor de arquivo do IMJ e conta com a acessoria do artista plástico Hélio Santos.

 

XXVI Exposição de Fotografias do Aracati Antigo.
XXV Exposição de Jornais Antigos de Aracati e outras regiões
XXII Exposição de Livros Raros, Papéis e Documentos Antigos.
30 de julho à 30 de agosto
Sede do Museu Jaguaribano
R. Cel. Alexanzito, 740. Centro.
Terça-feira à sábado (horário comercial)
Entrada Franca

Museu Jaguaribano

Publicado em Memória
Quinta, 22 Outubro 2009 14:20

Por longos cincos anos em que se arrastou a restauração do prédio do Museu Jaguaribano, ficou nosso museu fechado para o público o que agora chega ao seu final nesse Outubro de 2009.

Memória, criatividade e transformação

Publicado em História
Quinta, 18 Abril 2013 08:34

A 11ª Semana de Museus, realizada pelo IBRAM- Instituto Brasileiro de Museus, a ser realizada de 13 a 19 de maio, terá como tema: criatividade e memória como vetores para as transformações sociais.


A assertiva de que os museus são lugares para guardar as marcas do passado ampliou-se para a concepção de espaço propício para a discussão contemporânea sobre a memória. Durante muitos anos a gestão destes espaços reforçou o sentido de museu como templo absoluto da memória a exemplo de ações que privilegiavam os acervos em detrimento das relações entre antigo e moderno. Jacques Le Goff, em seu livro História e Memória, declara que o estudo das tensões existentes entre o binômio antigo/moderno deve ser acompanhado da análise do momento histórico que tende por vezes denegrir ou exaltar, distinguir e afastar o conceito de moderno.

Arte e história: um diálogo permanente

Publicado em Arte
Quarta, 14 Novembro 2012 16:30

“O espírito quer renovação e é a própria natureza que nos impele a esse movimento universal. Nela nada está parado.”

Eliseu Visconti

 

O sentido de renovação explícito na epígrafe poderia ser verificado nas ações de uma instituição tão tradicional como costumeiramente somos habituados a conceber o museu? A experiência em arte efetivada, em Aracati, à quase três décadas é prova substancial da relação aparentemente antagônica entre tradição e renovação e de como o IMJ tem se negado à peja de museu-inerte.

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
3
4
10
11
17
18
20
24
25
27
29
31