Exposição de Artes Visuais revela a produção...
Há mais de três décadas realiza-se em Aracati-CE o salão de artes visuais denominado “Exposição dos Artistas... Leia mais
O olhar em preto e branco de Abílio Bezerra...
Imagens em preto e branco, sobre a cidade de Aracati, deslocam a visualidade do povo aracatiense para um tempo em que... Leia mais
ARACATI| Nações indígenas
Dentre as nações indígenas que moraram por muito tempo no território chamado Aracati, estão os baiacus, potiguares,... Leia mais
ARACATI | A presença africana
Além dos indígenas, povos africanos foram utilizados como mão de obra na economia colonial. O tráfico de africanos era... Leia mais
1923 — AVIÃO CAI NO ARACATI
Apesar de haver perdido a Primeira Guerra Mundial há pouco mais de quatro anos, a Alemanha despontava como uma das... Leia mais
ARACATI | HERMA A PE. SÁ LEITÃO
Antônio Saboia de Sá Leitão nasceu em Aracati a 21 de setembro de 1842. Foi padre e bacharel. Foi fundador, no... Leia mais
prev
next

A pena de morte em Aracati

Publicado em História
Sábado, 12 Agosto 2017 11:20

O ilustrado dr. Paulino Nogueira, de saudosa memória, falecido em 15 de junho de 1908, ocupou-se na Revista do Instituto do Ceará, Tomo VIII pág. 279 a 287 das execuções de pena de morte do preto Luiz, e do preto forro, Domiciano Francisco José, enforcados na Aracati em 1840 e 1852; mas como o trabalho do ilustre historiador, à falta de esclarecimentos, se ressinta de erros e omissões, que exigem correção, por isso, a bem da verdade histórica, me propus fazer esta exposição não só firmado em informações de pessoas antigas e verdadeiras, como nas peças do processo instaurado contra Domiciano e outros documentos autênticos, a fim de suprir os defeitos do referido trabalho, visto o seu autor, em consequência de sua morte, não ter podido fazer as correções devidas, de conformidade com os documentos, que lhe remeti no princípio de janeiro de 1908.

Amor de Negro

Publicado em Memória
Quarta, 20 Janeiro 2016 00:00

Na noite calma e enluarada, dois vultos deslizavam por trás das árvores do quintal de dona Eufrásia, na velha cidade do Aracati. Dois vultos cautelosos. Um, de mulher, levando o outro, de homem pela mão. E ciciavam:

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
3
4
10
11
17
18
20
24
25
27
29
31